MÉRITOS

Quem aí já passou pela seguinte situação: um belo dia você conhece uma pessoa e se encanta. São tantos pontos em comum, tantas coincidências, que você prontamente cria expectativa achando que encontrou o amor da sua vida... depois de um tempo, tudo que era lindo vem por água a baixo, a expectativa deu espaço para a ilusão, e da ilusão veio a mágoa. Você reconhece? Eu sim! Eu passei por isso. Conheci uma pessoa e me encantei tão rapidamente, que eu mesma passei a contar histórias na minha cabeça de como ia ser lindo viver ao lado daquela pessoa. Eu não percebi que eu mesma não dei tempo para esse homem se mostrar e o transformei no amor da minha vida... eu não percebi que eu mesma estava construindo o relacionamento em um castelo de areia. Eu não tinha percebido que estava apaixonada por uma pessoa montada na minha cabeça e que não batia tanto assim com a realidade... eu não deixei que ele tivesse um lugar no meu coração por mérito próprio. Eu o tinha colocado nessa condição. Essa frase de Marla serve não apenas praquele que cruzou meu caminho no passado, mas também a mim. Pedi perdão a mim mesma por ter feito isso comigo e prometi, daquele momento em diante, que o próximo ia ocupar um espaço no meu coração por mérito próprio.




Instituto Afrodite•Se - Rua Pereira Stéfano, 114 conj 1205 - Saúde - São Paulo/SP
© 2018 por Van Hamazaki. Fotos: Mari Marques. Todos direitos reservados.